Recent Posts

20.7.07

Belle toujours



'Belle toujours' está algures entre o ensaio sobre e a homenagem a. Tem por um lado uma leveza e uma elegância surpreendentes, em parte trazidas por Michel Piccoli, bonacheirão, sempre com um sorriso, em parte pela simplicidade da mise en scène. Por outro lado há algo que contrasta com e contraria esta leveza: e está ao nível do discurso, do tal ensaio. Nada do que é dito sobre 'Belle de jour' é particularmente original ou interessante (o amor ao marido que conduzia ao sadomasoquismo - e não saimos muito daqui, parece-me), e nomeadamente as conversas entre Piccoli e Trêpa (um actor bastante sofrível) são bastante esquecíveis.
Claro que apetece gostar deste filme: por Michel Piccoli, por Bulle Ogier, por Buñuel, por Oliveira, claro (que diabo!, quase ao 100 anos continua a ter ideias, a filmar!), pela cinefilia; pelo cinema, em suma. Mas sinceramente, foi uma razoável desilusão.
Belle Toujours, França/Portugal, 2006. Realização: Manoel de Oliveira. Com: Michel Piccoli, Bulle Ogier, Ricardo Trêpa, Leonor Baldaque, Julia Buisel.

2 comments:

H. said...

é uma divertimento subtil e requintado, mas não me parece uma obra-prima ou algo do género. é a tal leveza: é deliciosa a ver-se, mas pouco mais...

S.B. said...

e eu que estava com tantas expectativas...