Recent Posts

17.6.08

O acontecimento



Depois do enorme flop que foi ‘A Senhora da água’ (de que eu gostei muito), Shyamalan surge agora com este filme ‘menor’. ‘Menor’ na ambição, no tom, no conjunto de actores escolhido (além do opaco Mark Wahlberg, só secundários e mesmo desconhecidos). Fez-me mesmo lembrar, e muito, um filme série B, daqueles que se faziam há 50 anos, misto de ficção científica e terror.

Mas, claro, com o savoir-faire de Shyamalan, um dos grandes realizadores da actualidade. A sua marca registada está lá inteirinha, e mesmo que por vezes a realização pareça um pouco ‘tosca’, sentimos que era para ser mesmo assim, que o realizador tem um controlo total do que está a fazer, como o prova o ambiente verdadeiramente angustiante que instala com quase nada: umas plantas estremecendo com o vento, uma pessoa petrificada, um olhar vítreo.

Como sempre acontece com os filmes de Shyamalan, não convém falar muito do argumento, embora este filme aposte menos no seu efeito bombástico do que outros. A ‘mensagem’, algo mística como sempre, aqui também ecológica, irritará os detractores do costume (e se ele tem muitos!), mas a mim não me pareceu o mais importante: tal como acontecia nos tais filmes série B, reflecte as angústias da sua época.

E numa época de filmes amorfos e realizadores insossos, que bom é ainda haver um verdadeiro autor como Shyamalan: ame-se ou deteste-se, nunca um seu filme é vulgar ou indistinto.
The Happening, E.U.A., 2008. Realização: M. Night Shyamalan. Com: Mark Wahlberg, Zooey Deschanel, John Leguizamo, Spencer Breslin, Betty Buckley, Jeremy Strong.

4 comments:

Miguel Domingues said...

Que Shyamalan é um autor, é um facto insofismável. Agora, parece-me que desde A VILA se anda a perder em variações menores dos seus temas de eleição.

Pessoalmente, o que me cansa mais é sempre o seu lado 'místico' (como é aqui referido), de difícil assimilação quando o argumento é mais fraco ou o tom é mais mecânico. E creio que é esse o caso de O ACONTECIMENTO.

Harry_Madox said...

Eu tenho gostado muito dos últimos filmes dele. E eu, tirando meia dúzia de excepções do passado, nem sou muito daquela linha de defender intransigentemente TODOS os filmes dos realizadores que mais gosto.

Hélder Beja said...

Poucas vezes terei discordado tanto da tua opinião cinéfila, caro amigo. E não falo d'O Acontecimento, que ainda não vi. Mas A Senhora da Água é, para mim, e a todos os níveis, um filme muito fraco. Opiniões.. Veremos o que acharei deste. Abraço.

O Puto said...

Entre outros aspectos, gosto da forma como introduz beleza num filme tenso.