Recent Posts

23.12.08

2008 - Top 10



1 - My Blueberry Nights - O sabor do amor, de Wong Kar-Wai

2 - A turma, de Laurent Cantet

3 - Sweeney Todd: o terrível barbeiro de Fleet Street, de Tim Burton

4 - Darjeeling Limited, de Wes Anderson

5 - Este país não é para velhos, de Joel e Ethan Coen

6 - 4 meses, 3 semanas e 2 dias, de Cristian Mungiu

7 - Corações, de Alain Resnais

8 - A rapariga cortada ao meio, de Claude Chabrol

9 - I'm Not There — Não estou aí, de Todd Haynes

10 - Juno, de Jason Reitman

14 comments:

Ricardo said...

Só não consegui ver o Rapariga cortada ao meio (para grande pena minha) agora vem a pergunta dos 5 mil euros, não falta aqui o There will be blood?

Concordo com quase tudo, só tiraria o Juno - que foi uma grande desilusão e a Turma para a qual digo o mesmo.

Harry_Madox said...

o 'There will be blood' foi a minha desilusão do ano.

Daniel Pereira said...

Falta o "John Rambo". :)

Harry_Madox said...

Não vi ;)

rf. said...

juno seria o 1º da lista dos piores de 2008.

Harry_Madox said...

Provavelmente 'Juno' nem foi dos 10 melhores que vi este ano, mas fiz questão de o pôr no top, tal o consenso (a)critico que gerou: quanto mais me explicavam que é muito mau,mais gostava dele.

The Nader said...

Todos estes filmes são de 2007, mas OK. O meu top (provisório) de 2008 (ainda não vi o "The Wrestler", provavelmente o filme do ano):

1. Cloverfield

2. Let The Right One In

3. WALL·E

4. Redbelt

5. The Dark Knight

Ana said...

Até que enfim, alguém que também gostou de Blueberry nights!
Dos que me lembro, acrescentaria o In Bruges.

Harry_Madox said...

O critério é o habitual: filmes que estrearam nas salas portuguesas em 2008.

José Oliveira said...

mais um que não trocou Resnais por Kechiche*; e que percebeu que o Kar-Way continua no seu caminho. mas a cereja no topo foi pores aí o Chabrol. Bonito!

*foi triste o ípsilon ter ignorado um dos melhores filmes do Resnais.

Cumprimentos.

Harry_Madox said...

Também achei estranho o Público ter ignorado o 'Corações', até porque o elogiaram muito quando estreou. Compromissos de fazer um top a quatro, suponho.
Quanto ao Kar-Way, parece que a generalidade da crítica se cansou dele, tal como se cansou do Chabrol há já muitos anos. Eu cá mantenho-me fiel, até porque descubro pouca coisa nova ao nível deles...

Harry_Madox said...

P.S: Ana, O 'In Bruges' entraria num top das boas surpresas do ano.

Cecilia Barroso said...

Eu gostei muito de My Blueberry Nights, mas fui uma das poucas por aqui!

Sweeney Todd é uma maravilha visual!

Harry_Madox said...

É, por aqui também não teve muitos fãs :)