Recent Posts

19.10.10

A Cidade


Nesta sua segunda longa-metragem atrás das câmaras, Ben Aflleck volta aos arredores de Boston onde cresceu. Affleck adapta agora uma novela de Chuck Hogan, depois de no seu filme inaugural ter adaptado Dennis Lehane, de quem Clint Eastwood filmou 'Mystic River'.

E também aqui há algo de eastwoodiano. Não que Affleck tenha unhas para poder ser comparado - nem como actor nem como realizador - com Eastwood, mas no sentido em que este é o tipo de argumento que imaginamos Clint a filmar.

Doug MacRay/Affleck é um assaltante de bancos e de carrinhas de tranporte de dinheiro, que segue as pisadas do seu pai que se encontra preso há longos anos. Doug teve a hipótese de ter uma vida diferente - chegou aos drafts de hóquei em gelo - mas o seu feitio violento, a tradição, o trauma provocado por uma mãe que o abandonou em miúdo, tudo contribuiu para que seguisse o destino espectável de quem nasceu num bairro de gangsters. O pai, a antiga namorada, o gang, o bairro, a cidade, tudo faz parte de uma grande teia familiar da qual Doug não consegue escapar ileso.

'A Cidade' é um thriller que se move algures entre o heist movie (com vários golpes e violência e mortandade em doses fartas) e o melodrama. O realizador Affleck tem olho para as cenas de acção e é capaz de manter o espectador sob tensão, mas tem mão pesada para o lado mais íntimo. A cena em que o actor Affleck descreve - com o olhar enviesado - à mulher por quem se apaixonou (a triste mas luminosa Rebecca Hall) o dia em que a mãe o deixou, demonstra uma subtileza e capacidade interpretativa dignas de um Stallone nos seus piores momentos.

Apesar de tudo, mesmo o filme ficando aquém do que podia e prometia, é ainda um thriller competente e acima da actual média hollywoodiana, e Affleck mantém os seus créditos como realizador. A ver vamos como os gastará no futuro.

The Town, E.U.A., 2010. Realização: Ben Affleck. Com: Ben Affleck, Rebecca Hall, Jon Hamm, Jeremy Renner, Blake Lively, Slaine, Owen Burke, Titus Welliver, Pete Postlethwaite, Chris Cooper.

2 comments:

João Palhares said...

Ainda não vi nada do Affleck realizador. É mesmo um novo talento a ter em conta?

P.S Gostei do "demonstra uma subtileza e capacidade interpretativa dignas de um Stallone nos seus piores momentos." eheh

Harry_Madox said...

Há quem ache que ele é um novo talento a ter em conta. Eu sinceramente não sei. Não acho nenhum dos 2 filmes que realizou muito bom, mas acho que há qualquer coisa em ambos... A ver.

PS: Eu até simpatizo com o Sly, mas quando me querem convencer que ele é um grande actor...