Recent Posts

25.2.13

Argo

 
Quando num momento de grande ansiedade (neste caso durante a invasão por manifestantes locais da embaixada americana em Teerão) uma personagem se vira para outra e declara 'I love you', sabemos: a) que estamos num filme americano; b) que não vamos ser poupados aos lugares comuns.
 
Ou seja: gostei bem mais da realização de 'Argo', que mantém o espectador sob uma tensão constante como num bom thriller (espectacularmente Affleck nem nomeado foi neste campo), do que do argumento, taão americano ou, se preferirem, taão hollywoodiano (que consequentemente levou o respectivo Oscar).
 
Resumindo: havia filmes bem melhores a concorrer ao Oscar de melhor do ano (desde logo o Django), mas também é verdade que já houve fitas bem piores a levar a estatueta para casa.

5 comments:

Nina Sayers said...

Nao podia estar mais de acordo. O filme prende-nos e isso ja ´´e muito.

Harry_Madox said...

Já é muito, sim.

ajanelaencantada said...

Concordo. É um bom filme, mas não traz nada que o destaque.

harry madox said...

é aquele tipo de filme com cara de Óscar.

juliana said...

El director (Ben Affleck) conduce el relato sin estridencias formales, apoyándose –paradójicamente– en el nervio de la cámara al hombro y la inserción de algún zoom. Tono pausado y ritmo creciente para una película cuyo acto final se antoja cardíaco y efectivo. Facilón, también. Mérito del montaje. Y mérito de ese hombre del que todos desconfiaban por su expresión de nogal. Y es que, evitando las analogías con otros cineastas portadores del clasicismo, nos hallamos ante un narrador no ya admirable, sino convencido de su virtud. metformin cabergoline cilostazol buprenorphine cefalexin clopidogrel moxifloxacin cefdinir clindamycin itraconazole penicillin benzathine dutasteride carbamazepine prazosin triamcinolone felodipine captopril sotalol valsartan capsaicin megestrol nitroglycerin betamethasone azelastine fexofenadine nimesulide ketoprofen doxepin menthol misoprostol Gracias