Recent Posts

28.2.15

Afinal, é possível


adaptar, e muito bem, Thomas Pynchon. Grande P.T.Anderson.

3 comments:

Ricardo Gross said...

É bom ler-te de volta aos filmes em sala. Deste P.T. Anderson não gostei nada, nada, nada. Pós-modernismos não é comigo.

Tirando o aspecto postiço das caracterizações, o filme que mais gostei de ver recentemente foi o Foxcatcher, mas só lhe dava 3 estrelas.

Um abraço!

harry madox said...

Não garanto que tenha percebido um caracol do argumento. Mas gostei bastante, não obstante.

ps: O Foxcatcher não vi.


Ab!

Andreia Mandim said...

Concordo, fiquei estarrecida com o filme, não estava à espera de muito mas o PTA tem realmente qualidades excepcionais e nunca nos deixa cair no inócuo.

Já agora, se tiveres oportunidade visita o meu espaço que tem uma nova imagem:
http://cinemaschallenge.blogspot.pt/

: )