Recent Posts

6.2.12

Millennium 1 - Os Homens que Odeiam as Mulheres


Os suecos Niels Arden Oplev e Daniel Alfredson já haviam adaptado competentemente os três capitulos da besta célere do seu conterrâneo Stieg Larsson, mas claro que Hollywood também quis meter a mão na massa, e a empreitada saiu na rifa a David Fincher.

Não sei qual seria a minha reacção à fita fosse eu virgem na matéria, mas tendo já visto o original sueco posso dizer que o plot não aguentou uma revisão, e me aconteceu algo que nunca me tinha acontecido num filme de Fincher: aborreci-me.

Na minha opinião este remake não acrescenta nada, nem ao original, nem à obra de Fincher. É um filme perfeitamente desnecessário.

The Girl with the Dragon Tattoo, E.U.A./Suécia/Grã-Bretanha/Alemanha, 2011. Realização: David Fincher. Com: Daniel Craig, Rooney Mara, Robin Wright, Stellan Skarsgård, Christopher Plummer, Joely Richardson.

3 comments:

Anonymous said...

Só achas desnecessário porque tens essa capacidade rara que é conseguir ler legendas, mas para americanos é mais que um simples remake ;)
(Mas obviamente que estou de acordo contigo).

Harry_Madox said...

É, já uma vez falei sobre isto aqui, os americanos em vez de legendarem os filmes estrangeiros fazem remakes deles...

O Projeccionista said...

É a chamada lei do menor esforço. Também acho que se não tivessem feito a trilogia original, este seria um grande filme. Assim...é como o Harry diz, não traz nada de novo a ninguém