Recent Posts

12.11.11

As Aventuras de Tintim - O Segredo do Licorne


Este Tintim da firma Spielberg/Jackson é um entretenimento levezinho, que pelo que pude constatar não desiludiu a miudagem que estava na sala, mas que, não obstante uma ou outra sequência mais exuberantemente coreografada - a invasão dos piratas ao navio do antepassado do Capitão Haddock; a perseguição em Marrocos - dificilmente entusiasmará quem vá à espera de algo mais do que competência técnica e utilização de tecnologia de ponta. Custa-me mesmo perceber que alguém com mais de 18 anos possa sentir mais do que uma indiferença mais ou menos bocejante pela coisa...

The Adventures of Tintin, E.U.A./Nova Zelândia, 2011. Realização: Steven Spielberg. Longa-metragem de animação. Vozes (versão original): Jamie Bell, Andy Serkis, Daniel Craig, Simon Pegg, Nick Frost

4 comments:

Loot said...

é fácil, basta que as tais pessoas com mais de 18 anos tenham lido Tintin.
Só por isso já vale a pena em alguns momentos. Nomeadamente o início, a animação tão bem orquestrada que passa por todos ou quase todos os livros e aquele cameo fantástico.
O Haddock, o Milu. Enfim o filme não é um Indiana Jones, mas diverte e faz recordar as aventuras do jornalista belga mais famoso do mundo

Harry_Madox said...

É verdade que nunca fui um grande leitor do Tintim, e se calhar deveria ter referido isso. Mas acho que resumes tudo muito bem quando dizes que "não é um Indiana Jones". E é pena.

Loot said...

referi isso porque também acho que quem for ler Tintin com mais de 18 anos (sem nunca ter lido em criança) provavelmente não irá achar muita piada.
A não ser que seja fã do género e não tendo lido tintin já leu outras coisas como Spirou, por exemplo.

Falo de uma forma muito geral. Se bem que hojhe em dia o que está na moda para as crianças também é mangá e não tintin. isso era mais no meu tempo e para trás.

Abraço

Harry_Madox said...

Eu por acaso lia mais o Spirou:)
Mas acho que tens razão, um fã verá sempre o filme com outros olhos.